Boas Festas!

24 12 2009

Corajosos leitores, voltei! (Aplausos). Sentiram minha falta? (Espero sinceramente que ninguém responda). Bom, embora tenha se passado um bom tempo sem que eu escrevesse alguma coisa aqui, não consigo me lembrar de algo suficientemente bom para eu contar… Mas antes de qualquer história, gostaria de desejar um Feliz Natal e um Feliz Consumo para todos, já que hoje em dia esses dois são sinônimos. E não, eu não sou uma pessoa religiosamente exagerada, e não sou contra o consumo, mas sou relativamente contra algo chamado CONSUMISMO EXAGERADO, que é o que vem ocorrendo frequentemente nestes últimos anos e especialmente nesta data. As pessoas compram tanto mesmo sem saber se vão utilizar, e os produtos estragam ou são descartados, viram lixo, e acho que todo mundo sabe aonde isso vai parar (E para aqueles que não sabem, cliquem AQUI para ver um vídeo sobre isso, ele é longo e fala sobre produção em massa, lucro, capitalismo, ecologia, etc.). Enfim, é sempre o mesmo papo, mas as coisas quase nunca mudam. Também desejo um bom final de ano, embora eu deva escrever alguma coisa mais até lá… Para concluir, é bom estar escrevendo novamente, estou vendo agora que eu estava sentindo falta. O blog voltou à ativa, vamos tentar escrever sobre coisas interessantes e pedimos o apoio de vocês leitores, dando sugestões ou comentando os textos. Se gostarem do blog, indiquem aos amigos… Caso não gostem, indiquem aos inimigos. E boas festas para todos!

Bruno Flores

Anúncios




Frase do dia

24 12 2009

Se algum dia alguém te chamar de burro, não ligue… mas continue puxando a carroça!





Solidão por opção

18 12 2009

A solidão bate a minha porta
Ela é tão fria
Nem é como eu queria
Mas pra mim tanto importa

Pela janela vejo o céu
Viro a cabeça e vejo o chão
O ser humano te deixa na mão
A pessoa é um bicho cruel

Vejo o mundo através da lente
Contato não seria certo
Observar é mais esperto
Ouço uma voz tão estridente

Que rumo vou seguir?
Eu procuro a direção
Mas que grande decepção
Talvez eu não vá conseguir

Só me resta acostumar
Com tempos tão cruéis
Amores acabam nos motéis
Quero ver isso acabar

É tudo uma opção
Em que o mundo estremece
Enquanto ninguém aparece
Continuo na solidão

Lucas da Rosa





Frase do dia

18 12 2009

“Se eu for ligar para o que é que vão falar, não faço nada.”





Um banho nada agradável

16 12 2009

Quem nunca encontrou um maldito pentelho no sabonete?





Exercício é saúde

16 12 2009

Como já diz o ditado: quem espera sempre alcança, e comigo não foi diferente, pois essa semana, após muito tempo no aguardo, comecei a malhar em uma academia aqui perto de casa. Uma muito boa por sinal. Ta certo que a aparelhagem não é das mais novas, mas eu realmente não queria uma academia muito cheia de frescuras. É troço pra macho! Hehe.

Na verdade, eu nunca tive a intenção de virar um desses caras bombado que parecem o Rambo, só gosto de manter meu condicionamento físico. Sempre gostei de praticar exercícios físicos. Acho importante para saúde, pois você sentirá falta deles no futuro se não os fizer. Esteticamente também é importante, não vou ser hipócrita.

Apenas exercícios não fazem uma pessoa. Alimentação também é uma peça fundamental nesse contexto. Não adianta fazer uma série de exercícios e depois comer dois cachorros-quentes e um xis. Por isso estou aderindo a uma alimentação mais natural. Me esforço o máximo que der, mas as vezes é inevitável uma guloseima ou outra.

O mundo criou uma idéia errada de beleza, fazendo com que as pessoas se sintam feias, e busquem cada vez mais os produtos e as tendências que impõem em nós. Por mais que tentemos resistir, isso não é possível, pois devemos nos adaptar o mínimo que seja ao meio em que vivemos, caso contrário, seremos rejeitados pela sociedade, o que não seria favorável ao sucesso futuro.

Enfim, espero atingir meus objetivos nessa “nova fase” da minha vida, mas sempre cuidando os excessos. Se não, de que adianta melhorar a estética, fazer o que gosta e deteriorar a saúde? Sejamos racionais.

Lucas da Rosa





Frase do dia

16 12 2009

Mais vale dois pássaros voando, do que um na mão.